Pleito na Confederação Brasileira de Automobilismo marca a disputa entre Milton Sperafico e Giovanni Guerra

Por Américo Teixeira Junior

Acompanhe o Diário Motorsport no Youtube Twitter  Facebook

A disputa pela presidência da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) entra no último mês de campanha, pois faltam exatos 31 dias para a assembleia eletiva do dia 15 de janeiro de 2021, no Rio de Janeiro (RJ). A partir desta data, o assento hoje ocupado por Waldner Bernardo terá como titular Milton Sperafico (Oposição) ou Giovanni Guerra (Situação).

Os dois candidatos à presidência inscreveram suas chapas dentro do prazo, assim como o calendário eleitoral foi cumprido quando do pedido de impugnação protocolado pelos apoiadores da candidatura de Guerra à chapa de Oposição.

A providência impôs a Sperafico a difícil decisão entre manter ou substituir Luiz Caland como candidato à 1ª vice-presidência. O ex-piloto paranaense revelou ao Diário Motorsport ter optado pela substituição. Antes disso, o próprio Caland já havia verbalizado essa alternativa à reportagem, com objetivo de não atrapalhar a candidatura.

Assim, ao mesmo tempo em que prepara sua contestação ao pedido protocolado, cuja prazo final é dia 18, Sperafico trabalha para oficializar o novo nome da chapa. Não é, porém, uma medida simples, pois demanda alguma burocracia: juntar a documentação do novo candidato com a renúncia oficial de Caland. Segundo o candidato, ainda nesta semana também essa questão estará resolvida.

O diretor jurídico da CBA, Dr. Felippe Zeraik, informou que o deferimento ou não do pedido de impugnação será decidido pela própria assembleia geral eletiva do dia 15 de janeiro, antes do início da votação secreta. Para tanto, pretende enviar todo o processo para cada presidente de federação, de modo que possa ser estudado antecipadamente ao dia da eleição.

A apuração e posse da nova diretoria que comandará o automobilismo brasileiro entre janeiro de 2021 e janeiro de 2025, de acordo com alteração estatutária aprovada em 9 de novembro de 2018, acontecem no mesmo dia. Para que o protocolo pudesse acontecer dessa forma, o atual presidente aceitou que seu mandato fosse encurtado em dois meses.


Capa/Destaque: (Esq. para Dir.) Pedro Sereno, presidente da Comissão Nacional de Kart da CBA; Felipe Massa, presidente da Comissão Internacional de Kart da FIA; Waldner Bernardo, presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo e José Aloizio Cardozo Bastos, presidente da Federação de Automobilismo de São Paulo – Foto Bruno Gorski/CBA (Birigui, São Paulo, 12.12.2020)

Diário Motorsport é Jornalismo independente, investigativo, de opinião. Se você aprecia nosso trabalho, participe de nossas ações para que possamos continuar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here