A estreia tardia do piloto inglês na Mercedes é potencialmente perigosa para o atual vice-campeão mundial

Por Américo Teixeira Junior

George Russell 2 X 3 Valtteri Bottas

Atualizado após GP do Sakhir (Domingo, 6)

Atividade#63 George Russell#77 Valtteri Bottas
FP1P1 – 54s546P4 – 54s868
FP2P1 – 54s713P11 – 55s321
FP3P7 – 54s664P2 – 54s270
QualifyingP2 – 53s403P1 – 53s377
RaceP9P8

O fato de o Grande Prêmio do Sakhir ser disputado neste domingo, 6, sem Lewis Hamilton, até por questões lógicas, imediatamente credencia Valtteri Bottas como favorito. Sem o principal adversário na pista e com o melhor carro do grid, é correto supor facilidade para a terceira vitória na temporada. Há, porém, uma “pedra” no caminho, mais especificamente, na garagem ao lado. Seu nome: George Russell.

O teste positivo de Hamilton para o coronavírus foi a chave que lhe permitiu assumir o W11, carro que já deveria ser seu desde o início da temporada, pelo menos, não fosse pela decisão em contrário do patrão Toto Wolff. Seu lugar na Williams será ocupado por Jack Aitken.

Enquanto Valtteri Bottas, 31, já foi testado amplamente pela equipe, George Russell, 22, só agora tem alguma chance de mostrar o que pode fazer. O veterano não poder ser derrotado nesse embate, com risco de ter sua imagem mais abalada ainda. O novato também tem muito a perder, pois está nas suas mãos a responsabilidade de fazer brilhar os olhos da Mercedes.

Resumindo, trata-se de uma luta história.

Acompanhe o Diário Motorsport no Youtube Twitter  Facebook


Capa/Destaque: Valtteri Bottas no Qualifying para o GP da Rússia – Foto LAT Images/Mercedes (Sochi, Rússia, 26.09.2020)

Resultados FIA

Diário Motorsport é Jornalismo independente, investigativo, de opinião. Se você aprecia nosso trabalho, participe de nossas ações para que possamos continuar.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here