Carro de Rafa Matos antes do acidente em Pinhais (Foto Stock Car)
Carro de Rafa Matos antes do acidente em Pinhais (Foto Stock Car)

Por Americo Teixeira Junior – O piloto da Sckin Racing Team, Rafa Matos, esteve envolvido no grave acidente da Stock Car em Pinhais, no último domingo, e tem uma posição muito contundente sobre os acontecimentos no Autódromo Internacional de Curitiba. Ex-piloto da IndyCar, o mineiro não usa meias palavras: “A minha opinião geral sobre o acidente é que saímos muito no lucro porque não perdemos nenhuma vida”.

Considerado por ele mais assustador do que os dois acidentes nos quais esteve envolvido em edições da Indy 500, relata que a sinalização – ou falta dela – provocou uma sensação de falsa segurança. “A situação que eu ‘achava que estava’ era de seguranca, já que a bandeira amarela não foi acionada naquele setor da reta e pude planejar com antecedência a ultrapassagem em cima dos carros a minha frente, que eram o [Sergio] Jimenez e o Galid [Osman]”, disse o piloto do carro #2, que segundos antes teve uma comunicação por rádio de sua equipe.

Matos questionou, também, a maneira como foi mostrada a bandeira branca. “Fica difícil enxergar a sinalização de bandeira branca acionada de cima da torre, principalmente quando se está no vácuo de três carros e sendo pressionado por um, no caso o [Felipe] Fraga.

O competidor chefiado por Carlos Alves fez questão de resaltar o comportamento correto de Thiago Camilo, que estava lento na pista. “Não sei dizer exatamente qual foi o problema do carro do Thiago, mas tenho certeza que ele estava tentando seu melhor pra tentar fazer seu carro funcionar e sair da pista, pois sabia que vinha trafego pesado atrás dele”, concluiu.

Veja aqui o vídeo onboard no carro de Rafa Matos no momento do acidente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here