Categoria é o único investimento fixo da empresa petrolífera no automobilismo brasileiro

Por Américo Teixeira Junior

O pai da Luísa tem 29 vitórias na categoria principal da Stock Car – Foto DANILO CARDOSO/Vicar (Interlagos, SP, 15.12.2019)

Apesar de uma pandêmica “avalanche” golpear todos os setores da sociedade – automobilismo incluso – e projetar incertezas quanto ao futuro, a rede de distribuição de combustíveis Ipiranga confirmou ao Diário Motorsport que permanecerá como patrocinadora na Stock Car. Na condição de uma das principais do segmento petrolífero, seus produtos estão em mais de 7 mil postos. De acordo com o relatório 2019 da revista Exame, o tradicional “Melhores e Maiores”, a empresa registrou vendas líquidas de R$ 75,5 bilhões, posicionando-se como a 4ª entre as “500 Maiores em Vendas” no ano passado.

Segundo Lucio Mandarino, gerente executivo de marketing da Ipiranga, a “decisão mais importante já foi tomada” e, agora, “[diante de] uma situação nova para todos, estamos aguardando o cenário ficar mais claro“. O engenheiro com MBA em Marketing e Varejo reconhece que será necessária uma nova negociação, uma vez que o cenário era outro quando as decisões foram tomadas. Pondera, entretanto, ainda não ser o momento. “Quando tivermos o novo calendário 2020 em mãos, vamos conversar com todas as partes envolvidas”, explicou o executivo.

A Ipiranga está desde 2017 na A. Mattheis Motorsport, equipe multicampeã sediada em Petrópolis (RJ) e comandada por um dos mais importantes chefes de equipe do automobilismo brasileiro, o ex-piloto Andreas Mattheis. Os titulares são Thiago Camilo e Bia Figueiredo. No entanto, como a ex-pilota da IndyCar será mamãe pela primeira vez, Cesar Ramos foi contratado como substituto.

Bia Figueiredo será mamãe no mês de agosto – Foto DUDA BAIRROS/Vicar (Interlagos, SP, 15.12.2019)
 Capa/Destaque: Thiago Camilo - Foto DUDA BAIRROS/Vicar (Goiânia, GO, 23.11.2019) 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here