Dos países inseridos no calendário 2020, só não há casos registrados no Azerbaijão, Holanda, Hungria, México e Mônaco

Por Américo Teixeira Junior

A presença do coronavírus nesta quinta-feira, 27, na Europa – Fotos Reprodução Channel News Asia

A FIA está na iminência de anunciar mudanças radicais no calendário da Fórmula 1, previsto para ser iniciado no dia 15 de março, na Austrália. De prático, apenas o Grande Prêmio da China foi adiado, mas a entidade presidida por Jean Todt e executivos da Liberty Media, controladora da categoria, precisam decidir imediatamente se haverá ou não as provas de Melbourne, Bahrein e Vietnã. Há reuniões marcadas para esta quinta e sexta, em Barcelona, para o posicionamento definitivo.

Não haveria outra medida a tomar em relação a China, primeiro país afetado pelo coronavírus e palco de uma tragédia na saúde pública aparentemente incontrolável. O adiamento da etapa de Shanghai, originalmente a ser realizada em 19 de abril, foi oficializado pela FIA em 12 de fevereiro, quando o número de casos e falecimentos eram, respectivamente, 44730 e 1114 em território chinês. Em apenas 15 dias, os casos praticamente dobraram, agora oficialmente computados 78497 casos e 2744 mortes.

Mas se antes o problema era se deslocar para a China, agora são os europeus que representam perigo, uma vez que o continente verificou avanço de casos nos últimos dias. Se Austrália, Bahrain e Vietnã somam 72 casos e nenhuma morte, somente a Itália tem 453 pessoas infectadas e 12 óbitos a lamentar. Medidas de emergência tomadas por Manama e Hanói no controle de suas fronteiras e demais pontos de entrada, revelam os temores desses países.

Desse modo, no âmbito do microuniverso da Fórmula 1, não será surpresa se o calendário for “virado de cabeça para baixo”. O que, convenhamos, seria nada diante da catástrofe mundial que não para de crescer e da preservação dos membros da categoria.

Calendário 2020 da F1 X Ocorrências do coronavírus

DATA ETAPA Casos confirmados Mortes confirmadas
15/3 AUSTRÁLIA 23 0
22/3 BAHREIN 33 0
5/4 VIETNÃ 16 0
19/4 *CHINA 78497 2744
3/5 **HOLANDA 0 0
10/5 ESPANHA 13 0
24/5 **MÔNACO 0 0
7/6 **AZERBAIJÃO 0 0
14/6 CANADÁ 11 0
28/6 FRANÇA 18 2
5/7 ÁUSTRIA 2 0
19/7 INGLATERRA 15 0
2/8 **HUNGRIA 0 0
30/8 BÉLGICA 1 0
6/9 ITÁLIA 453 12
20/9 SINGAPURA 93 0
27/9 RÚSSIA 5 0
11/10 JAPÃO 202 4
25/10 ESTADOS UNIDOS 60 0
1/11 **MÉXICO 0 0
15/11 BRASIL 1 0
29/11 ABU DHABI 13 0

*Adiado

**Países sem casos registrados

Fonte Channel News Asia, Singapure. 27.02.2020, 9:50 (Brasília)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here