A Fórmula 1 precisou revisar o calendário por conta da pandemia, mas foi muito bem recompensada pela criatividade e ousadia em buscar pistas como a de Mugello para integrar a temporada

Por Evelyn “Suprema” Guimarães, do Grande Prêmio

O GP da Toscana ofereceu um dos cenários mais bonitos da temporada – Foto Bryn Lennon/Getty Images/Red Bull Content Pool (Scarperia, Itália, 11.09.2020)

NÃO FOI SÓ a pintura retrô da Ferrari que fez a Fórmula 1 voltar no tempo neste fim de semana. O fenomenal – definição acertadamente usada pela maioria dos pilotos – circuito de Mugello fez a maior das categorias reviver uma sensação um tanto perdida em tempos de halo e outros elementos: o flerte com o risco e, portanto, com o perigo. Acredite, de vez em quando, é bom lembrar que este esporte também exige coragem.

O autódromo de curvas rápidas e de uma longa reta de mais de 1 km desafiou os astros do grid, que não se fizeram de rogados e se jogaram nessa experiência de encarar um traçado de características que remetem décadas atrás, anos em que muitos sequer eram nascidos. Os trechos estreitos e velozes encantaram, e a estreia do circuito de propriedade da equipe mais famosa do grid não decepcionou.

A impressão que fica é que a Fórmula 1 levou tempo demais para reparar no potencial de Mugello. Foi um momento extremo que criou a chance. A pandemia do novo coronavírus, assim como o mundo todo, forçou a categoria a buscar alternativas para que o campeonato pudesse acontecer. A opção foi mesmo manter grande parte da temporada na Europa. E foi dessa forma que surgiu a possibilidade de ir à Toscana.

Era uma oportunidade também de agradar à Ferrari, abrindo caminho para uma festa caseira dos 1.000 GPs. Tudo bem que não saiu nada como a escuderia queria, mas o Mundial ganhou muito com a prova italiana. Ficou um gostinho honesto de quero mais.  

Leia a análise completa do GP da Toscana no Grande Prêmio.


Capa: LAT Images/Mercedes-AMG F1 (Scarperia, Itália, 13.09.2020)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here