Piloto italiano se chocou contra um caminhão em prova de bicicleta com as mãos e passou por cirurgia neurológica de emergência

Por Gabriel Curty e Rodrigo Berton, do Grande Prêmio

Alex Zanardi conquistou medalha de ouro nas paraolimpíadas Rio 2016 – Fotos RODRIGO BERTON/GRANDE PRÊMIO (Praia do Recreio, Rio, 21.09.2016)

Cobertura completa do acidente de Alex Zanardi no Grande Prêmio

Alex Zanardi deixou a sala de cirurgia do hospital Santa Maria alle Scotte di Siena, na Itália, no final da tarde desta sexta-feira (19) no Brasil – já noite na Itália – e foi movido para a UTI, Unidade de Terapia Intensiva. O italiano passou também por uma traumatologia bucomaxilofacial, em decorrência de um forte acidente de bicicleta de mão que sofreu mais cedo, em uma rodovia na cidade de Pienza. O estado do ex-piloto da F1 e da Indy ainda é tido como “muito grave” pelos profissionais do hospital.

Os procedimentos pelos quais Zanardi foi submetido duraram cerca de duas horas e meia, terminando por volta das 21h30 no horário italiano (16h30 em Brasília). O ex-piloto de 53 anos se chocou com um caminhão de serviço e sofreu múltiplos traumas, sendo removido do local por helicóptero.

O primeiro boletim médico do hospital revelou que o procedimento cirúrgico era delicado e as condições gravíssimas devido ao forte traumatismo craniano. Mais tarde, após a operação, uma atualização foi dada pelos médicos: “Em relação às condições clínicas de Alex Zanardi, hospitalizado em condições muito graves devido a um acidente ocorrido na província de Siena, informamos que a intervenção neurocirúrgica e maxilofacial para ao qual o atleta foi submetido, por conta de uma grave lesão na cabeça, começou logo após os 19h (hora local) e terminou pouco antes dos 22h. O paciente foi então transferido para terapia intensiva, com prognóstico reservado. Suas condições de saúde são muito graves”.

Treinador de Alex, Mario Valentini detalhou o acidente e contou que o resgate demorou cerca de 20 minutos, mas que Zanardi estava se comunicando antes da ambulância chegar. “A colisão foi terrível. Os paramédicos o recuperaram e era gravíssimo. O helicóptero não conseguiu pousar, então uma ambulância o levou para uma praça vizinha, onde o piloto pousou e o transportou para Siena. Foi terrível”, disse.

Zanardi participava de uma das etapas do revezamento Obiettivo Tricolore (Objetivo Tricolor), uma jornada que reúne atletas paralímpicos em bicicletas de mão, bicicletas ou cadeiras de rodas olímpicas. Os participantes realizavam deslocamento entre duas etapas e passavam pelo km 146 da estrada entre Pienza e San Quirico d’Orci quando o incidente aconteceu.

Resgatado, Alessandro foi levado ao hospital. O jornal Corriere della Sera informou que o estado de saúde de Zanardi era muito grave e mencionou “múltiplos traumas”. Ainda de acordo com a publicação, o impacto aconteceu em um trecho de descida da estrada: Alessandro perdeu controle, invadiu a contramão e acertou o caminhão. O site GPOne e a agência italiana Ansa trouxeram a informação de que a ocorrência foi caracterizada como ‘código 3’, o que significa urgência, mas condições estáveis. A site do jornal La Repubblica falou também que Zanardi permaneceu consciente e respirando sozinho do momento do acidente até o resgate.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here