Um campeão precisa se despedir com festa e emoção, não com autódromo vazio

Por Américo Teixeira Junior

Tony Kanaan em Madison e, no destaque, o capacete decorado com as mãos dos quatro kanaanzinhos – Fotos James Black/IndyCar (Madison, IL, 30.08.2020)

Fossem esses dias normais, Tony Kanaan seria hoje um piloto aposentado da IndyCar. Não que representasse o término de sua carreira, pois aos 45 anos e no melhor da forma, o “bom baiano”, como dizia o saudoso Luciano do Valle, ainda tem muita lenha para queimar.

Mas como a dita normalidade é algo do passado e talvez nunca mais volte, é plenamente aceitável que planos sejam adiados. Casamentos, viagens, confraternizações, novos negócios, ampliação da família, tantos enfim, ficaram para depois. Então, por que não adiar a aposentadoria de um dos melhores e mais carismáticos pilotos de todos os tempos?

Inconcebível imaginar, por exemplo, uma despedida no Indianapolis Motor Speedway sem público. Após tanto realizar, conquistar e emocionar, não seria justo encerrar um ciclo tão importante sem a presença daquela multidão que sempre o acompanhou.

Há casos absolutamente geniais de moças e rapazes, quase crianças ainda, que entraram na fila para um autógrafo no final dos anos 90 e continuam a fazê-lo, mas agora acompanhados dos cônjuges e filhos. E a senhora, hoje uma fofa vovozinha, que exibiu os cabelos se esbranquiçando ao longo de duas décadas, sempre na mesma fila?

Além disso, ao entrar 2021 com a disposição de continuar acelerando nos ovais, Tony Kanaan – e também Helio Castroneves se enquadra no mesmo contexto – adia o choque de realidade, que infalivelmente virá, principalmente para quem o viu criança e hoje enxerga o pai de família.

Claro que o tempo passou! Mas alguns episódios são arremessados com violência em nossos rostos, como que impedindo qualquer distração com o calendário. Certos acontecimentos, embora inevitáveis, doem. Então, sejamos francos, se pode doer amanhã, por que vamos permitir que doa hoje?

Isso mesmo, meninos, adiem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here