Entusiasta do automobilismo, o empresário foi vencido em sua luta contra um câncer no último sábado, em São Paulo

Por Américo Teixeira Junior

O automobilismo brasileiro perdeu no último sábado, 24, o empresário Roberto Galvão, presidente da Promax Bardahl. Ele tinha 63 anos. A presidência passou a ser exercida, em caráter imediato, por seu filho, Ricardo Halasz Galvão.

Criada em 1954 como uma distribuidora dos produtos Bardahl em São Paulo pelo patricarca Antônio Galvão, já em 1956 a marca era estampada como principal patrocinadora da Mil Milhas. Esse envolvimento com o esporte a motor foi adiante e, dentre outros, destacam-se o apoio aos irmãos Fittipaldi, para a pilota Ana Beatriz Figueiredo e desde 2010 à equipe Hot Car Compedições, de Amadeu Rodrigues, que atua na Stock Car e Mercedes Challenge.

A agenda repleta de compromissos não impedia que Roberto Galvão, sempre que possível, frequentasse os boxes da Hot Car na Stock Car. Recentemente, na etapa do Velo Città deste ano, foi homenageado com uma festa surpresa por seu aniversário.

Não foram divulgadas ainda as bases da participação da Bardahl no automobilismo a partir de agora, visto que as decisões partiam diretamente do falecido presidente. A expectativa é a de que, ainda nesse ano, sejam conhecidas as diretizes gerais da empresa e, em particular, sobre as ações no automobilismo.

Foto Destaque: Duda Bairros/Vicar
A equipe de Amadeu Rodrigues é a principal vitrine da Bardahl no automobilismo de competição (Foto Duda Bairros/Vicar)
Compartilhar

Muito obrigado por participar. Forte abraço, Americo Teixeira Jr.