Por Americo Teixeira Jr. – Idiota, Giedo van der Garde não é, muito menos as pessoas que o cercam. Às portas de completar 30 anos no mês que vêm (25), tem sua carreira apoiada pelo McGregor Fashion Group, gigante da moda masculina sediada na Holanda. Essa parceria tem laços familiares, pois Giedo se casou com em dezembro de 2013 Denise (Foto by MotorSportINTEL), filha de Marcel Boekhoon, o magnata controlador do grupo. Portanto, está cercado de gente que sabe fazer negócio e, ele próprio, não é um novato no ambiente da Fórmula 1. É o primeiro a saber que não há clima para que ele integre a Sauber como titular. Não há condições políticas minimamente aceitáveis para isso.

Então, por que a  briga na justiça?

Editor do Grande Prêmio, Victor Martins conta que a questão central é dinheiro. O sogro de Giedo tentou comprar a Sauber no ano passado e não conseguiu. De quebra, viu o genro chutado e seu investimento despediçado. Assim, Giedo van der Garde sabe que não há lugar para ele, mas tem respaldo – e dos grandes – para levar o processo até as últimas consequências. A Suprema Corte de Victoria estabeleceu para sábado a audiência final, que está marcada para 9h30 locais, o que significa dizer 19h30 desta sexta-feira no Brasil. Depois da audiência de ontem, os advogados saíram falando em “conversas produtivas”, sinal de que um acordo é iminente.

Sob o ponto de vista prático, a tendência é uma indenização. Como recado, as hipóteses podem ser várias, em que pesem inconclusivas no atual momento. É visível que Giedo e seu sogro querem fazer “sangrar” a Sauber. Se pura vingança, se para recuperar o investimento feito ou se para fazer picadinho da Sauber para comprá-la a preço de banana, somente a dupla pode dizer. Mas uma coisa é certa: a ação mostra que o mundo da Fórmula 1, de inatingível, não tem nada.

Foto de Capa: Sauber Media

2013-12-17-giedo-van-der-garde-wedding MotorSportINTEL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here