Mesmo com as adições de Turquia, Bahrain e Abu Dhabi, trata-se do menor campeonato dos últimos 10 anos

Por Américo Teixeira Junior

O finlandês Valtteri Bottas foi o vencedor do Grande Prêmio da Áustria, prova que abriu o calendário 2020 – Foto Steve Etherington/Mercedes AMG F1 (Spielberg. Áustria, 04.07.2020)

O CEO da Fórmula 1, Chase Carey, anunciou nesta terça-feira, 25, o formato definitivo do calendário 2020 da categoria, com a inclusão de quatro etapas finais: Turquia (15.11), Bahrain (rodada dupla: 29.11 e 06.12) e Abu Dhabi, 17ª e última etapa, no dia 13.12.

Será o menor campeonato desde 2009, quando Jenson Button sagrou-se campeão, com Brawn GP Mercedes, após 17 corridas, dentre elas o Grande Prêmio do Brasil, penúltima etapa realizada no dia 16.10 no Autódromo Municipal José Carlos Pace, em São Paulo.

Capa/Destaque: Largada do Grande Prêmio da Estíria, nome dado à segunda prova disputada no Red Bull Ring – Foto LAT Images/Mercedes AMG F1 (Spielberg, Áustria, 12.07.2020)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here