barrichello10O jornalista Victor Martins, no www.grandepremio.com.br, revelou nesta semana que Rubens Barrichello (foto) estaria em negociação com a equipe de Mauro Vogel para correr na temporada de 2009 na Stock Car. Embora a reportagem tenha sido embasada em fatos apurados aos detalhes, não acredito que seja uma boa opção para o piloto de Fórmula 1. Detentor de uma carreira valorosa, ele nem de longe tem o perfil dos ex-pilotos de Fórmula 1 que atualmente formam o grid da Stock.

Não que haja qualquer desmerecimento ao campeonato e a esses pilotos. Muito pelo contrário. Em que pese potencializada pela vasta visibilidade proporcionada pela Rede Globo de Televisão, a Stock Car atingiu um patamar inimaginável para Affonso Giaffone, Paulo Gomes e Alencar Jr., entre outros, quando alinharam para a primeira prova da categoria, em Tarumã, no já distante ano de 1979. Seu pilotos, por seu turno, fazem parte da elite do automobilismo brasileiro.

Entretanto, a verdade é que Ricardo Zonta, Enrique Bernoldi, Tarso Marques e Antonio Pizzonia chegaram à Stock algum tempo depois de terem deixado a Fórmula 1. O tempo de categoria principal já havia passado para eles e, antes de encontrar um alternativa atraente no automobilismo brasileiro através da Stock V8, ainda tentavam sucesso em outras categorias ou já tinham voltado para o Brasil.

Barrichello não está nesse estágio. Correu até o ano passado, entrou 2009 ainda esperando alinhar em Melbourne e tem muita lenha para queimar no automobilismo internacional. Antes de um eventual desembarque na categoria brasileira, Barrichello tem um longo caminho pela frente que, definitivamente, não passa por enquanto – se é que um dia passará – pela competição da Vicar.

mcj_2441Em primeiro lugar, piloto de Fórmula 1 que é, experiente e competente, tem de buscar um lugar na categoria. Difícil? Sim! Impossível? Talvez! Mas nada disso interessa. O calibre de Barrichello é para a Fórmula 1.

Caso a coisa no todo da pirâmide se degringole de vez, a resultante será ainda muito promissora, com opções das mais notáveis. Na Europa ou nos Estados Unidos, tenho certeza de que muitos chefes de equipes gostariam de tê-lo por perto. As categorias de Endurance e de Turismo, por exemplo, fazem parte da elite do esporte, apenas estão situadas no Planeta Terra, não no Planeta Fórmula 1.

Assim, seria para mim uma surpresa muito grande se a carreira internacional de Rubens Barrichello tivesse se encerrado do Grande Prêmio do Brasil do ano passado. Suas atenções e seu coração certamente estão na Fórmula 1 e a página de piloto internacional de sua biografia está longe de ser definitivamente virada.

Fotos Miguel Costa Jr.

Compartilhar

11 COMENTÁRIOS

  1. Concordo totalmente com o Américo, o que mata é essa demora na definição de tudo. São tantos os boatos sobre a venda da Honda que a imprensa deveria se envergonhar de noticiar todas elas, e muito chute e pouca informação.

  2. Concordo plenamente Américo…

    Acho que o Rubinho que muitas vezes foi alvo de brincadeiras por todos nós merecia uma chance de ter “podido” brigar por um título na F1.

    Ele tem capacidade para isso na Fórmula 1 atual, sem dúvida alguma…

    E se ele vier para a Stock um dia, creio que tenha que vir com cabeça erguida, pois vai enfrentar muita dificuldade, como qualquer piloto enfrenta… E isso pode ser mais um motivo de ele e a Stock serem alvos de brincadeira…

    Qualquer categoria competitiva a nível de equipamentos e equipes não vai ter um único piloto sendo imbatível. E tenha certeza, nem Schumacher, Rubinho, ou ex F1 encontraria facilidade, por isso os resultados não podem ser alvos de serem alvos de brincadeiras… Isso aconteceu com muitos ex F1 que estiveram aqui na Stock…

    Abraço e ACELERA RUBINHO, tô na torcida para o melhor para sua carreira…

  3. Também acho que Rubens tem muito potencial para andar, pelo menos, por enquanto na Stock Car. (sem desmerecer os pilotos é o campeonato que é de longe fantástico), mas como meus outros colegas leitores digo que Rubens é dono de técnica impecável e deve sim tentar um caminho diferente, por enquanto.
    Como já sitado ALMS ou Indy seriam boas pedidas. Bota ele tem pra isso.
    E Américo, parabéns pelo site.!!!!

  4. Eu concordo com a maioria. O Barrichello não pode pensar sequer na ideia de disputar a Stock Car neste momento. Infelizmente na F-1 acho dificil ele ter uma vaga neste ano, mas pode muito bem, se quiser permanecer na europa e perto do mundo da F-1, disputar o Le Mans Series ou o FIA GT. São dois campeonatos top e que reunem uma nata de pilotos, muitos com passagens pela F-1. E que msabe voltar a categoria máxima, em 2010.

  5. Concordo contigo que Barrichello não tem porque vir para a Stock Car. Porém, acredito que o tempo dele na Fórmula 1 já foi. Não pela pilotagem – para mim, ele é um dos melhores em atividade, ficando próximo de Alonso, e sendo superior à Massa. O problema é que as atitudes dele para com o Nick Fry no ano passado – dizendo que a Honda não era um bom lugar pro Bruno, mas sim para ele – fizeram algumas pessoas repensarem se querem tê-lo ou não como piloto.

    Fora, também, que a idade já pesa. Em uma categoria em que os pilotos são campeões cada vez mais cedo, com menos de 30 anos, Barrichello não tem mais vez. Acredito que um bom futuro dele seria nos EUA, já que tem uma grande amizade com o Tony Kanaan e, pelo que vi, também com Michael Andretti. Por que não tentar lá?

  6. Não acho que seja uma opção ruim ou inoportuna, pelo contrário é um piloto em plena forma , que diferentemente dos outros ex-F-1não estão voltando pra stock depois de um hiato nas suas carreiras, mas um piloto no ritmo pra entrar e brigar pela ponta, num campeonato cheio de feras , mas com um carro começando praticamente do zero pra todos.

    Se vier pra Stock , seja bem vindo Rubinho…/

    … e não pensa que vai pegar molezinha hehehehehe

  7. Otima materia. E muito pertinente no momento.
    E muito triste ver isso acontecer nao porque a Stock car nao e uma boa categoria, mas porque como ja foi dito por todos aqui o Barrichelo ainda pode fazer muito aqui fora. Mas na verdade o que contara agora sao as vontades pessoais do piloto.

    Pra quem corre e gosta do que faz o importante e estar correndo e participando de competicoes. Temos necessidade de se superar seja em qualquer lugar do mundo, ir em busca de andar mais rapido sempre e muito bom.

    Desejo a ele boa sorte seja onde for que esteja.

    Valeu Americo, parabens

  8. Concordo Américo. Acho que a chegada do Rubens na Stock Car nesse momento da sua carreira não será a melhor coisa a fazer! Acho que fazer uma prova ou outra apenas para “se divertir” tudo bem, mas vejo Barrichello com muito chance de correr na Europa, como em uma LMS ou mesmo nos Estados Unidos, nas provas de turismo como Grand-AM, ALMS, entre tantas outras!

  9. Concordo integralmente com o texto,Rubens tem muito para dar ao automobilismo lá for e para ganhar ele mesmo,seja nos EUA,ou na EUROPA de FORMULA ou GT, TURISMO etc.,sería precipitação a sua vinda para a STOCK,nos proximos anos.

Muito obrigado por participar. Forte abraço, Americo Teixeira Jr.