dm_0906_stock_col_wagnerO governador da Bahia, Jaques Wagner, e Carlos Col, promotor da Stock Car, assinaram nesta terça-feira, 9, em Salvador, o contrato para a realização de um prova da categoria nas ruas da capital baiana, em 9 de agosto. Dessa forma, começa uma frenética contagem regressiva de apenas 60 dias para que tudo esteja pronto no local da prova, o Centro Administrativo da Bahia. O circuito terá 2.800 metros e a área será totalmente recapeada, como destacou o governador, além de receber toda a estrutura necessária para o evento que poderá reunir, também, outras categorias da Vicar, embora esse seja um tema ainda em discussão, assim como detalhes do traçado.

Corrida de rua é um espetáculo e cai muito bem no gosto do público, como já comprovaram algumas experiências anteriores do automobilismo brasileiro em Vitória (ES), Florianópolis (SC), Foz do Iguaçu (PR) e também em Salvador, que recebeu a Fórmula Renault. Apesar disso, é sempre um desafio descomunal. Há preocupações de toda ordem como segurança para competidores e espectadores, qualidade de asfalto, estrutura para receber as centenas de pessoas que se deslocam pelo País durante a temporada, resgate eficiente, remoção de carros acidentados, arquibancada prevista para cerca de 60.000 pessoas, área para receber os gigantescos caminhões da categoria, condições de pista favorável para que a prova não se transforme em espetáculo de demolição, operação de trânsito e muito mais.

São dois meses para transformar em realidade o que está no papel e dar a Carlos Col o coroamento definitivo como promotor, uma vez que este poderá ser o maior evento do automobilismo brasileiro de todos os tempos. O desafio está lançado, exigirá uma operação gigantesca e cada minuto será preciso para que não se transforme em uma grande dor de cabeça.

Carlos Col assina o contrato e o governador da Bahia, Jaques Wagner, aparece na foto logo atrás do promotor

Foto fornecida pelo serviço de imprensa da Stock Car

1 COMENTÁRIO

  1. Muito legal esta iniciativa que coroa não apenas o Carlos Col, mas a Stock Car como um todo, como categoria que transformou-se em verdadeira ferramenta de marketing. Sem dúvida será um espetáculo grandioso, mas a estrutura da Vicar – organizadora da Stock – sem dúvida dará conta da enorme tarefa. Quem sabe os governantes locais não se entusiasmam e pensam na construção de um autódromo fixo por lá? A região carece.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here