O Ford Riley #60 do brasileiro largará em 6°, mesma posição do grid que culminou com a vitória de Negri e seus teammates da Michael Shank Racing em 2012  

 

Galeria Ozz Negri – 24 Horas de Daytona 2013

(Sexta-feira, 25.01.2013) Melhor brasileiro no grid da “24 Horas de Daytona”, Ozz Negri tem cumprido até aqui, no Daytona International Speedway, uma jornada muito melhor do que poderia anteriormente supor, razão pela qual essa sua oitava participação na famosa corrida norte-americana se reveste de um caráter todo especial.

Vencedor da etapa do ano passado, o piloto da Michael Shank Racing estava conformado de que teria um ritmo menos veloz e sua principal preocupação era não atrapalhar os companheiros John Pew, Justin Wilson, AJ Allmendinger e Marcos Ambrose. Tudo por conta da fratura sofrida na fíbula da perna direita no mês passado.

Apesar das preocupações desse único piloto brasileiro a disputar regularmente o Rolex Grand-Am Sports Car Series, o que se viu foi que se tratava de um excesso de zelo de sua parte, visto que desde o primeiro momento, ao volante do Ford Riley #60, Negri se mostrou rápido e competitivo.

Tanto que participou de todos os treinos e só não esteve mais tempo na pista porque abriu mão de disputar a pole. Por considerar Allmendinger em melhores condições do que ele, o pole position de 2008 delegou a tarefa para o piloto norte-americano, que colocou o carro #60 na 6ª colocação. “Jogo de egos não tem lugar num esforço de equipe como esse. Não poderia tomar outra atitude, mesmo tendo sido convidado e estimulado pelos demais pilotos”, revelou.

A estratégia de Michael Shank, o chefe de equipe, determinou que a primeira hora de corrida fosse cumprida por Allmendinger, passando o comando a seguir para Ozz Negri, que pilotará na segunda das 24 horas da prova. Na seqüência, após o turno dos demais pilotos do time, Negri cumprirá sua segunda fase de pilotagem já no período noturno, em torno da meia noite, no horário brasileiro.

“Eu realmente estava preocupado, pois achei que estaria muito mais limitado fisicamente” disse Negri. Entretanto, o piloto salientou que sua preocupação é ajudar o time. “Ninguém ganha sozinho uma prova de 24 horas. Eu acho que é a maior manifestação de trabalho de equipe que existe. Então, quando estiver na pista, darei o máximo de mim. Fora, darei o maior suporte possível para os meus parceiros”, definiu Negri, que na vitória de 2012 pilotou 39% das 761 voltas.

A largada para a 51ª “24 Horas de Daytona” acontece no sábado, 26, a partir das 18h30, no horário brasileiro de verão.

 

Veja ainda…

Galeria de Fotos Ozz Negri

Visite o Website Oficial de Ozz Negri

Veja aqui o Calendário Oficial da 2013 Grand-Am Rolex Sports Car Series

AMERICO TEIXEIRA JR.
55 19 9749-8111
[email protected]
www.twitter.com/dmotorsport
Skype: americo.teixeira.jr
www.diariomotorsport.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here