Por Americo Teixeira Jr. – Uma festa de aniversário vai agitar o Daytona International Speedway neste sábado, 26 de janeiro, durante os eventos que antecedem a largada da 51ª edição da “24 Horas de Daytona”.

Trata-se da comemoração de 50 anos da Fórmula Vê, popular categoria de monopostos da Volkswagen. Antes de ir para a Europa em 1965 e se espalhar pelo mundo, inclusive no Brasil, a Fórmula Vê teve como berço os Estados Unidos, mais precisamente a cidade de Daytona Beach.

A primeira corrida da categoria, que viria a ser a escola de alguns dos maiores nomes do automobilismo mundial (tais como Nelson Piquet, Niki Lauda, Jochen Rindt e Keke Rosberg, apenas para citar alguns campeões mundiais de Fórmula 1), foi realizada em agosto de 1963. O motor de 40cv e o chassi que recebeu a carroceria de monoposto eram do Fusca 1.2.

Nos anos seguintes, à medida em que se tornava uma referência do automobilismo de monoposto e rivalizada com a Fórmula Ford, outra gigante em uma época em que o jovem tinha opção de escolha em termos de categoria escola, foram surgindo as versões 1.3 e 1.6

Daytona reviverá um pouco dessa história de meio século e, para tanto, estarão de volta ao cockpit nomes como Mario Andretti, Arie Luyendyk, Hans-Joaquim Stuck, Dieter Quester, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here