Foto STEVE SWOPE/TEAM PENSKE
Foto STEVE SWOPE/TEAM PENSKE

Por Americo Teixeira Jr. – Os fãs do automobilismo de maneira geral – e em particular da IndyCar – podem respirar aliviados. A temporada 2014 da IndyCar Series será transmitida para o Brasil em TV aberta e assinatura. A definição sai em aproximadamente 15 dias, que é o período previsto para a conclusão das negociações entre a Band e IndyCar. As informações de que a emissora do Morumbi está fora desse páreo não procedem, visto que é seu interesse chegar a bom termo com a IndyCar, que está processando a empresa da família Saad por quebra de contrato.

Para a Band continuar, além da transmissão, ela tem de honrar o compromisso de realizar uma prova no Brasil. Como a São Paulo Indy 300 é coisa do passado, a hipótese que hoje parece ser a mais provável – mas não definitiva – é uma corrida extra-oficial em Brasília, ainda em novembro deste ano. Entendimentos nesse sentido estão em curso junto ao governo distrital. Mas enquanto a Band procura solução para esse problema, inclusive com emissários seus em Indianapolis, há um Plano B bem moldado.

Seria começar do zero o projeto IndyCar no Brasil e é nesse ponto que tudo está sendo conduzido como segredo de estado. Embora nenhum nome tenha sido revelado, o Diário Motorsport pôde saber que todas as provas seriam transmitidas ao vivo por uma TV fechada e há pelo menos duas redes interessadas. Fechado esse acordo, pelo menos três provas seriam transmitidas ao vivo em TV aberta, que nesse caso não seria a Band.

Se o Plano B vingar, não haveria prova da IndyCar no Brasil em 2014, mas os detentores dos direitos se lançariam ao mercado para realizá-la em 2015. Esse quebra-cabeça tem 15 dias para ser completado mas, independentemente das peças que venham a se mostrar mais adequadas, o fã pode ficar tranquilo. Seja na casa atual ou em novas parceiras, teremos, sim, Indy 2014 na TV brasileira.

Compartilhar

16 COMENTÁRIOS

  1. Eu gosto mais da Indy do que da F-1. A Indy é muito mais equilibrada e competitiva, nem se compara…..¬¬
    Todo ano a F-1 fica mudando regras para as corridas não ficarem chatas e monótonas, mas as regras ficam cada vez piores, os comissários não punem certos pilotos quando deveriam punir seus jogos sujos(Hamilton e Alonso são os reis do jogo sujo), a F-1 tá uma titica!
    Realmente a Indy poderia voltar para o RJ, mas o prefeito da cidade é um completo imbecil, não adianta….. talvez seja melhor mesmo que vá para a Brasília… só tem que avisar à Indycar que lá estão os maiores corruptos do país! Para bom entendedor meia palavra basta.

  2. deveria ter no contrato, a rede que não passa-se toda corrida deveria perder o direito de transmitir, pois ficamos a ver jogo, e os outros canais não podem passar pois a band globo tem o contrato, e como sempre o brasileiro que gosta de F1 e Indy que si…..
    temos outras emissoras que creio que gostariam de passar as corridas e nao passam jogos, tipo sbt , rede tv, gazeta …. e talvez nao essa falta de respeito por nos.

  3. É IMPRESSIONANTE, ADORAMOS A FÓRMULA INDY, QUE SITUAÇÃO ESSA, TENHO A IMPRESSÃO QUE NÃO HÁ INTERESSE QUE A CATEGORIA CRESÇA, NÃO COMPREENDO, NÃO É POSSÍVEL ASSISTIR, NÃO TEM COMO, TENHO TV PAGA…. E NADA.. ISSO É NOSSO BRAZIL (Z)…

  4. é agora ou nunca temos a chance de ver as provas ao vivo sem a sacanagem da Band, penso que na Fox seria o ideal já que o Flávio Gomes esta lá agora e entende tudo de indy…falta agora um narrador e uma campanha de divulgação!

  5. A indycar presisa de um canal que divulgue mais a sua marca no brasil,o sbt seria o canal ideal,a band tem vergonha ou esqueçe de dizer que indy 500 e a maior corrida do mundo,os vt do sbt como ptstop e velocidade maxima derao audiençia as corridas,os domingos de manha teo jose,e azenha davao um shou de informaçoes,as vinhetas sao inesqueçiveis,mas a ganancia dos executivos dividiu a indy na hora errada,indianapolis e essencial para o susesso mundial.

  6. O ideal seria a transmissão ao vivo de todas as provas da fóruma indy por uma emissora de tv aberta que não transmitisse o futebol, assim não teria problema de transmissão quando caísse no mesmo horário, o futebol e a indy.

  7. Alguém aí em cima falou da transmissão acontecer pela FOX SPORTS. Não se iludam, meus amigos. A FOX SPORTS é quem tem os direitos de transmissão da NASCAR e nem isso faz direito. O Chase, ano passado, foi transmitido todo em VT. Nem uma provinha ao vivo. E esse ano, mesmo com a estréia do FOX SPORTS 2, a coisa não parece que vai melhorar.
    Se tiver jogo de futebol no horário da corrida, não tenham dúvidas que esta será preterida.
    Abs.

  8. Agora com Tony Kanaan na Chip Ganassi e atual vencedor da 500m de indianapolis, Helio Castroneves na Penske, os dois maiores Times da Indy seria lamentável não acompanhar a Indycar, e ficar somente com Massa na Falida Williams não ia dar.

  9. No conceito da Indycar em se internacional é muito lamentável, a Indy sempre foi americana e prefiro que continue assim, com provas concentradas nos Estados Unidos, Canadá e uma ou outra no México ou no Brasil.

    No Brasil fizeram no Anhembi, algo que não compreendi bem, pois temos autodromos que poderiam receber a categoria tranquilamente.

    Quanto a transmissão da temporada 2014, se for a Band Sports ou mesmo transmissão de algumas provas ao vivo na TV aberta é triste, pois gosto da categoria, pena que a Band vinha fazendo a transmissão em campacto e no final das noites. Bem que outras emissoras possam fechar a transmissão para este ano.

  10. Olá Américo

    Tenho um palpite, e é dos bons, que a Indy NÃO será mais transmitida pela Band, ufa!, no Brasil a partir deste ano, mas sim pela Fox, confirma?, hehehe.

  11. Vamos ver…
    Eu bem que gostava da Indy, mas com a cobertura da Band eu desisti. Não dá para ter poucas corridas e qualquer jogo de futebol suspenderem as transmissões. Até entendo quando é um jogo da seleção, ou um jogo decisivo, afinal, gostemos ou não, futebol ainda é o esporte preferido da maioria.
    E não me venham com essa de passar o VT depois. Isto é ridículo. Quem realmente gosta de corrida não quer ver um vídeo resumido mostrando quem bateu, quebrou, ultrapassou ou ganhou. Quem realmente gosta quer fazer a leitura da corrida, entendendo a tática de cada um no decorrer da prova. Se for pra passar 3 corridas e o resto em VT, desistam da minha audiência.
    Em tempo: a SP Indy 300 vai tarde! Pista ridícula, vira sabão quando cai qualquer garoa, em um lugar que está muito longe de ser um cartão postal. Não me lembro de uma única corrida decente por lá. E transtorna ainda mais o trânsito da cidade.

  12. Seria interessante se a Globo em parceria com a Band atraves de seus canais abertos e fechados transmitirem a categoria para o Brasil com provas ao vivo ou por Vídeo Tape após o Fantastico.Outra coisa boa seria que o Gp do Brasil fosse disputado em Brasilia – DF sendo esta a corrida que encerraria a temporada.

  13. Se a Indy 300 é coisa do passado e se o prefeito do Rio fosse outro, aí esta a chance do retorno ao Rio, no Aterro do Flamengo, com cenário o Pão de Açúcar. Mas o prefeito do Rio detesta automobilismo chegando ao ponto de chamar as fórmulas de baratinha. Talvez esteja faltando alguém dizer a ele que iria necessitar de “obra”, pois ao ouvir esta palavra mágica o impossível pode vir acontecer. Ele irá dizer que gosta de automobilismo desde criancinha. Então não esqueçam, se conhecer alguém próximo a esta “vestal” tem que falar em OBRA com êle, antes de tudo, não esquecendo de alertar que sem a participação da CBA nada feito, pois seria ilegal.

  14. Olá a f Indy sofre de síndrome Brasil. E algo sem explicação, pois em qualquer país uma modalidade esportiva com. a denominação de mundial com representAntes entres os planos primeiros e conquistado vitórias, dislutando títulos e ser desconhecida de [email protected]% da população em tempos de redes digitais, isso só pode ser Falta de criatividade de quem detém seus direitos de exploração aqui, e Falta de tino comercial da própria categoria, pois até uma franquia você tem que seguir um padrão na apresentação do produto, não temos divulgação, programas pré pós eventos, a grande maioria do público é totalmente leigos sobre dados da disputa, sabendo unicamente que é corrida e que tem brasileiro. Vejamos o caso da f1, neste cenário atual se não ocorrer vitórias de um tupiniquim, dentro de alguns anos não vamos ter ninguém acompanhando a categoria, a TV g não tem o cuidado de colocar no ar um missiro programa antes do início da temporada, nem em uno com tantas mudanças, vivendo apenas do legado dos. 8 títulos até aki conquistados.

    ,

Muito obrigado por participar. Forte abraço, Americo Teixeira Jr.