Em resposta às denúncias dos irmãos Marques, a CBA assim se posicionou:

A Confederação Brasileira de Automobilismo repudia veementemente as absurdas ilações produzidas pela M+M e seus proprietários em relação à entidade, nega peremptoriamente qualquer irregularidade, desafia os supracitados a provarem essas acusações e, desde já, declara que tomará as providências judiciais cabíveis contra essas alegações levianas e criminosas. A CBA afirma que sua condução com relação aos casos apresentados foi exclusivamente dentro das suas prerrogativas e obedecendo todas as normas e leis vigentes.

O projeto do Ministério dos Esportes foi utilizado exclusivamente para o Campeonato Brasileiro de Turismo, com o objetivo de fomentar uma categoria de base importante para o automobilismo brasileiro. Todo o processo de prestação de contas passou por análise dos órgãos competentes, de modo que qualquer irregularidade teria sido apontada à CBA, o que não ocorreu em nenhum momento.

Todas as notas fiscais para qualquer projeto de lei de incentivo só podem ser emitidas depois de processo de cotação prévia de preços. Por determinação legal, só é possível pagar aos fornecedores, no máximo, o valor aprovado nos projetos pelo Ministério. Dessa forma, caso um fornecedor emitisse nota fiscal acima do valor aprovado pelo Ministério, a orientação seria para devolução dos recursos.

No que se refere à não homologação do Brasileiro de Turismo em 2018, tal fato se deu exclusivamente porque o promotor não cumpriu com as obrigações necessárias dentro do prazo devido. Ao contrário. Reiteradas vezes a M+M firmou compromisso de quitação de suas dívidas e NUNCA o fez. Logo, a entidade apenas fez o que é seu dever, pelo bem do nosso esporte e por justiça aos demais promotores que se esforçam para arcas com suas responsabilidades.

A Stock Light, categoria criada pela Vicar muito antes do seu retorno em 2018, foi homologada da mesma forma como é feito com qualquer promotor que solicite esse procedimento à entidade. Quando todas as exigências, nas mais diferentes esferas, são cumpridas, a CBA realiza a homologação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here