1mcq7662-7241Embora os membros do júri tenham ficado em reunião por várias horas nesta sexta-feira na Corte de Miami, o juiz Donald Graham transferiu para segunda-feira a sessão que deverá, enfim, revelar o veredito sobre Hélio Castroneves, sua irmã Katiúcia e o advogado Alan Miller. O motivo do adiamento foi técnico. Uma das provas da promotoria continha trechos em latim, cuja falta de entendimento gerou por parte do júri um pedido de esclarecimento.

De volta ao plenário, o advogado David Garvin, especialista em questões tributárias e membro da equipe que defende os brasileiros, de imediato prestou o esclarecimento, visto ser um conhecedor profundo da matéria. Já o promotor Jered Dwyer requereu tempo para fornecer a explicação, gerando a transferência para a segunda-feira.

Para Helinho, que está convicto de sua inocência e quer que isso tudo acabe o quanto antes para voltar às pistas, foi extremamente frustrante o adiamento. Mas ele e Katiúcia estarão fortalecidos pela fé e união da família Castroneves, justamente em um feriado tão caro para os cristãos como a Páscoa, para na segunda comemorar a maior de suas vitórias.

Foto Ron McQueeney/Serviço de imprensa da Indy Racing League

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here