Por Americo Teixeira Jr. – A história de Ayrton Senna poderia ter sido completamente diferente se a negociação entre Ron Dennis e Nelson Piquet tivesse chegado a bom termo para a temporada de 1988.

Naquela pós-temporada de 1987, quando Piquet conquistara o tricampeonato numa “guerra” aberta dentro da Williams, as negociações entre o brasileiro e Ron Dennis perderam força por questões financeiras.

Naquele momento da história, os dois brasileiros estiveram na mira do chefe da McLaren, mas em patamares diferentes no que se refere pretensões financeiras. Um já era tricampeão; o outro ainda sonhava com o primeiro título. Além disso,  a empatia entre Dennis e Senna se mostrou mais forte.

senna1988_MCJR
Ayrton Senna estreou na McLaren no Grande Prêmio do Brasil de 1988, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro, ao volante do histórico MP4/4 (Foto Miguel Costa Jr.)

 

12 COMENTÁRIOS

  1. Jose , sua comparação é muito frágil, o prost perdeu o campeonato pro Piquet de 83 com o carro melhor do que o piquet, o prost perdeu um campeonato pro Lauda com o mesmo carro , o prost ganhou do manssel pois este teve vários abandonos e carros quebrados naquele ano , O Senna derrotou o De Angelis por apenas 5 pontos na lotus , o Prost não queria o Piquet na Mac Laren, pois tinha receio , queria o Senna pois achava que ele era muito agressivo e poderia ter muitas quebras e abandonos batidas etc… Só que a Mac Laren se mostrou super forte …. Há só para lembrar os títulos do.piquet foram contra vários pilotos . Grande abraço.

  2. Todos estão esquecendo de detalhes importantes: 01. o próprio Piquet, que eu também sou fã e torcia do mesmo jeito que torcia para o Senna, admitiu ter se tornado mais lento após o seu acidente na Tamburello, e que jamais foi o mesmo piloto depois disso, conseguindo ser campeão com a constância e a malandragem psicológica que todo mundo já conhece, seguindo o inglês “de perto” e o provocando impiedosamente na pista e fora dela até que o Mansell cometesse erros; 02. O Prost, por sua vez, já declarou que opinou a favor da contração do Senna, “o melhor jovem piloto” disponível para assim formar um time imbatível (Depois do fim da sua carreira ele ainda afirmou que nenhum piloto foi mais rápido que o Senna; 03. A Honda deixou claro que iria para onde quer que o Senna fosse, e o Ron Dennis queria a Honda de qualquer jeito, porque era o melhor motor e também porque os japoneses toparam fazer uma versão compacta que coubesse no projeto revolucionário de Murray e Nichols. Ou seja, não dava para mudar o destino: Era Senna neles!

    • Sua resposta é boa mas falha em alguns pontos.
      Realmente o Piquet ficou desanimado depois do acidente. Mas provavelmente a conversa já vinha de 86, quando o Piquet estava meio insatisfeito com a Williams.
      Sobre motor Honda ela iria pra onde o Piquet fosse TB então nisso não mudaria nada… sem contar que só o motor não é tudo. A lótus TB era Honda e era um carro ruim, piorou muito de 1987 para 1988. Qdo se esperava que fosse segunda força. E o Piquet indo ele no mínimo continuaria tri campeão. Já o Senna poderia entrar numa descendente. Mas de qualquer forma as coisas aconteceram como tinha que acontecer.

  3. Eu ainda acredito mais na versão do Reginaldo Leme (pessoa muito bem informada) ele conta que o Senna já estava acertado com a McLaren, já no GP da França de 1987 e que Senna conseguiu convencer os japoneses da Honda a ir para a McLaren, mas tudo foi mantido em sigilo, só que os japoneses informaram a Lotus sobre a história e aí o Peter Warr da Lotus e se antecipou e contratou o Piquet para garantir os motores Honda, se Warr não fosse rápido a Williams poderia renovar o contrato com Piquet e ficar com os Honda. Por isto muitos tem a impressão que o Senna foi demitido da Lotus o que não é verdade, quando aconteceu a saída do Alonso da Ferrari em 2014 o Reginaldo Leme contou de novo a mesma estória fazendo um paralelo com o episódio Senna-Lotus-Piquet-Dennis, dizendo que o Alonso (Senna) estava acertado com a McLaren já no meio do ano a Ferrari (lotus) descobriu tudo e contratou o Vettel (Piquet). O Reginaldo disse que foi igualzinho. Coisas da raposa do Ron Dennis.

  4. Sergio, assim como tem fãs do Piquet que desfazem os feitos do Senna, dizendo que ele só foi tri campeão porque tinha o melhor carro, pura falta de conhecimento, em 1988 Senna tinha o melhor carro, mas também tinha um adversário a altura: Prost.Em 1990 a Ferrari estava do mesmo nível da Mclaren e Benetton e Williams tinham ótimos carros, em 1991 Senna tinha um carro inferior a Williams e mesmo assim foi tri campeão,em 1993 com o terceiro melhor carro, conquistou cinco vitórias e foi vice campeão, sem contar que quando pilotou a Lotus e Toleman Senna obteve ótimos resultados. Eu como fã do Senna, jamais vou dizer que as conquistas do Piquet não foram por méritos como os fãs do Piquet dizem das conquistas do Senna.

  5. É impressionante como tem pessoas fãs do Ayrton que denigrem o Piquet, cada um teve sua importância em sua época,, Os dois foram perfeitos só que o Piquet nunca foi um ídolo produzido pela TV.

  6. Imagina o Nelsão naquela Mclaren de 1988,… um piloto como o Piquet, já num patamar muito definido de experiência,.. e estabilidade na carreira ,guinando o fino,… além de representar uma enorme disputa para o mundial daquela ano, seria uma grande atração para o campeonato,… pena as coisas não terem saido melhor para o Nelson que foi para onde foi e deu no que todos nós sabemos,…

  7. Bem lembrado Flávio, me e esqueci disso – a verdade que tivemos o privilegio de ter pilotos entre os melhores de todos os tempos e cada um com as suas características: a genialidade e velocidade de Senna, o acerto e a estratégia de Piquet e a pilotagem cerebral de Emerson…esses 3 pilotos comandaram as suas equipes e são lembrados por todos que entendem de automobilismo no mundo. Quem não se lembra da disputa Senna x Piquet no GP da Hungria de 1986, uma das mais belas da historia!

    • Rodrigo eu também acho, a forma que o Prost derrotou o Mansell na Ferrari e este Mansell teve uma disputa equilibrada com Piquet na Williams, provam que Prost era outra categoria de piloto, Piquet não teria a mínima chance contra o francês, por isto que ele não quis ir para a McLaren. e por isto que a Honda se aproximou dos dois melhores pilotos daquela época Prost e Senna, descartando Piquet e Mansell. Este mesmo Senna havia vencido na Lotus o De Angelis, e este De Angelis tinha derrotado facilmente o Mansell na Lotus. Por analogia da para ver que Prost e Senna eram superiores a Piquet e Mansell.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here