Por Americo Teixeira Jr. – Neste 1° de maio de 2015, exatos 21 anos do falecimento de forma brutal de Ayrton Senna, não vejo como poderia acrescentar algo mais a tudo aquilo que já escrevi sobre esse brasileiro que deixou sua marca para além dos muros dos circuitos de Grand Prix.

Trabalhador incansável, Senna morreu justamente no Dia do Trabalho, que marca exatamente o trabalho que é exercido por todos nós na construção de nossas vidas e do mundo em que vivemos. O trabalho é direito absoluto, inalienável, alicerce da honra, sem a qual “se morre, se mata”.

Elevemos nossos pensamentos em memória a esse trabalhador que se foi no seu dia, da mesma forma que devemos reverência aos Professores que aproveitam esse dia para cuidar das feridas, na pele e na alma, acumuladas há tempos e intensificadas com sangue nos últimos dias.

Fotos Miguel Costa Jr.

senna_1993_mcjr

1 COMENTÁRIO

  1. Pois, sobre o assunto ‘Professores’ — por sinal, ótima lembrança no artigo deste prestigioso website –, eu tenho uma tese. Envolve a expressão ‘Boas ações’.
    Explico:
    BOAS AÇÕES tem que vir de cima. Então, vejamos: Os políticos de TODOS os partidos certamente possuem carro. E eles CERTAMENTE possuem OUTRO imóvel, além da residência na qual moram.
    Correto?
    Correto.
    SE a classe política quisesse mesmo mostrar SENSIBILIDADE para TODOS os segmentos profissionais da sociedade, eles poderiam muito bem reunir a Imprensa e anunciar que iriam se DESFAZER dos bens citados (casas e carros). No caso, vender tudo – tudo devidamente registrado e acompanhado pela imprensa.
    Com a verba auferida, o passo seguinte é OBVIO:
    DISTRIBUIR como espécie de ‘plus’ no contracheque de TODOS os segmentos profissionais que dependem do Estado (ou município. Whatsoever)
    Tal distribuição de renda EXTRA acontecendo iria mostrar à populaçao que a classe política tem um PINGO de preocupação.
    Mas…
    Como TODOS são egoístas e se RECUSAM a usar ônibus… o resultado é o que vimos em Curitiba e, INFELIZMENTE, iremos ver em outras cidades e durante outras manifestações.
    Uma pena que uma idéia tão PERFEITA não avance – e tudo por culpa do EGOISMO das pessoas que preferem passear de carro novo e IGNORAR a população…
    (Eu queria que uma vez, uma única vezinha, um político vendesse seu carro e usasse ônibus. Ué? A arte da política não é justamente essa, AJUDAR quem precisa?)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here