Mark Miles, CEO da IndyCar, está ultimando o calendário 2015 (Foto Chris Owens/IndyCar)
Mark Miles, CEO da IndyCar, está ultimando o calendário 2015 (Foto Chris Owens/IndyCar)

Por Americo Teixeira Jr. – Se for coroada de êxito a frenética movimentação que agita hoje os escritórios da IndyCar, em Indianapolis, a categoria está na iminência de ampliar suas fronteiras. Apesar de seu caráter internacional pela presença de pilotos de diversos países e continentes, a temporada passada só registrou uma rodada fora dos Estados Unidos, e mesmo assim no Canadá.

Para 2015, além da volta de uma prova no Brasil, cujo detalhamento definitivo será conhecido ainda em setembro, a direção da IndyCar entende que há espaço para abrir o campeonato mais cedo – hoje começa no final de março – e com um giro além-fronteiras, que inclua mais uma etapa que não apenas a brasileira.

Qualquer que seja o local escolhido para essa eventual prova, dar-se-á de forma inédita, visto que as alternativas que estão sendo estudadas nunca estiveram no calendário da categoria. Some-se a isso o fato de que, muito além de um mero desejo, já há inclusive simulações de logística em avançadas negociações. Seja lá o que for que venha a acontecer, o anúncio não tardará mais do que poucas semanas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here