Jordan Grand Prix

Ano: 1999
Chassi: 199
Motor: Mugen Honda MF-301HD 3.0L V10
Pneu: Bridgestone
Fundador e Chefe de Equipe: Eddie Jordan (Irlanda)
Projetista: Tim Holloway (Inglaterra)
Aerodinâmica: John Iley (Inglaterra)
Diretor Técnico: Mike Gascoyne (Inglaterra)
Pilotos: Damon Hill (Inglaterra) e Heinz-Harald Frentzen (Alemanha)

Um carro vitorioso
Nenhum carro da Jordan Grand Prix foi tão vitorioso quanto o 199, equipado com motor Mugen Honda. Esse carro da temporada de 1999 foi o primeiro sob a direção técnica de Mike Gascoyne. Vindo da BAR, ele ingressara na equipe de Eddie Jordan no ano anterior, como projetista, subordinado ao então diretor técnico Gary Anderson. Mas Anderson, que ocupava a função desde a estréia do time na Fórmula 1, em 1991, foi contratado no final de 1998 pela Stewart Grand Prix. Com o lugar vago, Jordan promoveu Gascoyne ao posto de diretor.

Conduzido pelo inglês Damon Hill e Heinz-Harald Frantzen, da Alemanha, o 199 faturou os GPs da França e Itália, ambas com o alemão. No total, as performances prioritariamente de Frantzen, com 54 pontos e 3º no Mundial de Pilotos, e os sete pontos de Damon Hill deram à Jordan Grand Prix a melhor colocação de sua existência (1991 a 2005) no Mundial dos Construtores. Foram 61 pontos e o 3º lugar, atrás da campeã Ferrari (128 pontos) e da vice McLaren Mercedes (124).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here