Domingo, 17 de abril de 2011

 

Helio Castroneves no primeiro dia de treinos em Long Beach (Foto DAN HELRIGEL/IRL)

O piloto do Team Penske pediu reiteradas desculpas a Will Power, à equipe e aos fãs pelo acidente envolvendo os dois pilotos

 

GALERIA HELIO CASTRONEVES LONG BEACH 2011

 

Helio Castroneves terminou extremamente desapontado o Toyota Grand Prix of Long Beach, terceira etapa do IZOD IndyCar Series, disputado hoje na Califórnia (USA) e vencido pelo piloto inglês Mike Conway, da Andretti Autosport. A razão disso não foi o 12º posto, após 85 voltas da corrida em circuito de rua, mas o acidente envolvendo ele e o companheiro de equipe Will Power na volta 66.

Na relargada, após bandeira amarela, Castroneves vinha em 4º e atingiu a traseira do carro de Will Power. Ambos perderam diversas posições e completaram a corrida, respectivamente, em 10º e 12º.

Estou muito chateado e desapontado comigo mesmo, pois cometi um grande erro. É inaceitável tirar um companheiro de equipe da corrida e não há desculpas pelo que aconteceu. Já falei pessoalmente com todos eles, mas quero reiterar meu pedido de desculpas ao Will, a todos os membros do Team Penske e a todos os fãs”, disse Castroneves. “Agora é levantar a cabeça e seguir para uma melhor apresentação de todo o Team Penske na próxima corrida, no Brasil”, encerrou o piloto, não sem antes cumprimentar o companheiro de equipe Ryan Briscoe pelo 2º lugar e o vencedor Mike Conway.

 

O resultado final do Toyota Grand Prix of Long Beach, terceira etapa do IZOD IndyCar Series, foi a seguinte:

 

P (Posição de largada) – Nº – Piloto (País) – Equipe – Pontos

1 (3) – #27 – Mike Conway (Inglaterra) – Andretti Autosport – 85v -1h55min11s1000

2 (12) – #6 – Ryan Briscoe (Austrália) – Team Penske – a 6s3203

3 (7) – #10 – Dario Franchitti (Escócia) – Chip Ganassi Racing – a 6s7167

4 (11) – #06 – James Rinchicliffe (Canadá) – Newmann Haas Racing – a 9s1705

5 (9) – #77 – Alex Tagliani (Canadá) – Sam Schmidt Motorsports – a 16s0166

6 (4) – #02 – Oriol Servia (Espanha) – Newman Haas Racing – a 16s8966

7 (20) – #7 – Danica Patrick (USA) – Andretti Autosport – a 17s5016

8 (10) – #82 – Tony Kanaan (Brasil) – KV Racing Technology – a 18s9655

9 (13) – #14 – Vitor Meira (Brasil) – AJ Foyt Racing – a 19s4723

10 (1) – #12 – Will Power (Austrália) – Team Penske – a 19s8909

11 (19) – #17 – Raphael Matos (Brasil) – AFS Racing – a 20s4660

12 (6) – #3 – Helio Castroneves (Brasil) – Team Penske – a 20s7784

13 (16) – #38 – Graham Rahal (USA) – Chip Ganassi Racing – a 21s3464

14 (15) – #34 – Sebastian Saavedra (Colômbia) – Conquest Racing – a 23s1137

15 (23) – #18 – James Jakes (Inglaterra) – Dale Coyne Racing – a 24s5926

16 (25) – #8 – Paul Tracy (Canadá) – Dragon Racing – a 1min3s7578

17 (27) – #4 – JR Hildebrand (USA) – Panther Racing – a 1min10s9001

18 (8) – #9 – Scott Dixon (Nova Zelândia) – Chip Ganassi Racing – a 1 volta

19 (26) – #24 – Ana Beatriz Figueiredo (Brasil) – Dreyer & Reinbold Racing – a 2 voltas

20 (18) – #78 – Simona De Silvestro (Suíça) – HVM Racing – a 3 voltas

21 (22) – #5 – Takuma Sato (Japão) – KV Racing Technology – a 4 voltas

22 24 (5) – #22 – Justin Wilson (Inglaterra) – Dreyer & Reinbold Racing – a 7 voltas

23 (2) – #28 – Ryan Hunter-Reay (USA) – Andretti Autosport – a 13 voltas

24 (24) – #83 – Charlie Kimball (USA) – Chip Ganassi Racing – a 19 voltas

25 (17) – #59 – EJ Viso (Venezuela) – KV Racing Technology – a 26 voltas

26 (14) – #26 – Marco Andretti (USA) – Andretti Autosport – a 48 voltas

27 (21) – #19 – Sebastien Bourdais (França) – Dale Coyne Racing – a 58 voltas



Americo Teixeira Junior
Castroneves Racing
Assessor de Imprensa
19 9749-8111

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here