01072013_DPGarage_600w
(Foto Grand-Am)

Por Americo Teixeira Jr. – Em Daytona é tudo na base do oito ou 80. O treino livre, no início de janeiro, durou três dias. Já a histórica corrida é composta por algo em torno de 760 voltas pelos misto permanente do Daytona International Speedway. Em compensação, a pole position é definida em apenas 15 minutos.

Aliás, a programação de pista que antecede a corrida é toda curta. Somando-se treinos livres e Qualifying, as atividades somam 4h45. Entranto, como cada carro tem em média quatro pilotos, o tempo de pista para cada um acaba sendo muito pouco.

Além disso, o treino noturno de duas horas é uma espécie de peça de ficção. Isso porque, por regulamento, as garagens devem ser fechadas às 9:30 PM (meia noite e meia no Brasil). Para dar tempo de trabalhar nos carros, os carros são recolhidos antes do seu final, marcado para 8:00 PM.

Veja a programação oficial, no horário oficial do Brasil:

Quinta-feira, 24 de janeiro
Practice 1: 12h00 às 13h00
Practice 2: 16h15 às 16h45
Qualifying: 18h40 às 18h55
Practice 3: 21h00 às 23h00

Sexta-feira, 25 de janeiro
Practice 4: 13h30 às 14h30

Sábado, 26 de janeiro
Largada: 18h30

Domingo, 27 de janeiro
Chegada: 18h30

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here