Benetton Formula Ltd

Ano: 1987
Chassi: B187
Motor: Ford Cosworth GBA 1,5L V6
Pneu: Goodyear
Proprietário: Luciano Benetton (Itália)
Chefe de equipe: Peter Collins (Austrália)
Projetista: Rory Byrne (África do Sul)

Observações:

Depois de investir, como patrocinador, em equipes como Tyrrell, Alfa Romeo e Toleman, o empresário italiano Luciano Benetton comprou o time de Ted Toleman em 1985 e na temporada seguinte era lançada oficialmente a Benetton Formula. O projetista sul-africano Rory Byrne foi mantido na equipe sob nova direção e foram contratados os serviços do australiano Peter Collins, que exercera funções idênticas na Lotus, ATS e Williams.

O B187 foi o segundo carro com a marca Benetton e o primeiro a utilizar o motor Ford Cosworth GBA Turbo, visto que o modelo de estréia do time, o B186, era equipado com BMW Turbo. O GBA teve vida curta, pois para a temporada seguinte a Fédération Internationale de L’Automobile alterou o regulamento de motores equipados com turbocompressores.

Com o B187, os pilotos Thierry Boutsen e Teo Fabi somaram 28 pontos e levaram a Benetton ao 5º posto no Mundial de Construtores, uma posição à frente em relação ao ano de anterior. No Mundial de Pilotos o belga foi 8º após acumular 16 pontos, quatro de vantagem sobre o italiano Fabi, que terminou em 9º (12).

A foto mostra o Benetton B187 nos testes da pré-temporada e sem sua pintura definitiva; o italiano Teo Fabi (no cockpit) e o belga Thierry Boutsen foram os pilotos daquele ano de 1987 (Foto fornecida por Ford Motor Company, Donington, ING, inverno de 1987)

1 COMENTÁRIO

  1. Notem o aerofólio traseiro preso com cabo de aço.
    Houve uma época em que resistência da fibra de carbono ainda era discutível, vista a grande pessão aerodinâmica que as asas sofriam.
    Claro que esse ertifício era usado principalmente em carros que notadamente ja saíam do forno problemáticos na sua dirigibilidade e resistência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here