felipe_massaPor Americo Teixeira Jr. – Tão logo aconteceu o acidente em Montreal, a análise pontual do ocorrido perdeu fôlego para uma espécie de “julgamento” da carreira de Felipe Massa. Inúmeros foram os fãs que usaram a internet para registrar apoio ao piloto da Williams. Outros, porém, abusaram da agressividade.

Felipe Massa tem predicados o bastante que justificam seus milhões de fãs ao redor do mundo. Some-se a isso o fato de não apenas ter cara de bom moço. De fato ele o é, um cara de família, o neto que toda vovozinha gostaria de ter. Mas também é criticado à exaustão pelas circunstâncias que marcaram seus tempos de Ferrari ao lado de Fermando Alonso.

Entre um tipo e outro de torcedor,  há um terceiro que talvez explique essa espécie de “onda de ódio” contra o vice-campeão de 2008. É o que odeia perder, tanto que seu ódio se transfere para o “perdedor de plantão”. Se ele achou que você é um perdedor, mesmo sem o ser, azar seu. Vai ficar no seu pé a vida toda. Só que em relação a esse torcedor, não há nada que Massa – ou qualquer outro esportista – possa fazer.

Afinal, “amamos” ou “odiamos” Felipe Massa?

 

5 COMENTÁRIOS

  1. Américo:

    Retorno ao seu website e, mais especificamente, à este tópico, devido ao fato de que um internauta expôs um dado que não condiz com a realidade. Via Facebook, Ubiraci Viana comenta, in verbis, “detalhe botas estreou na f1 em 2010! na fw e humilhou burrinho baricelo pois ele botas 1 pole fez no gp brazil em 2010”. Em que pese atuar como test-driver da Williams na temporadas 2010 e 2011, Bottas teve sua estréia, efetiva, em 2012 (ano no qual ‘dividiu’ garagem com Pastor Maldonado). Por outro lado, a pole do GP Brazil 2010 foi de outro piloto do time Williams, Nico Hulkenberg.
    Atenciosamente,

    Paulo Lava

  2. GP Áustria de F1, domingo, 22/06. O piloto Felipe Massa (Williams/Mercedes) larga na ‘pole’ mas, por diversas circunstâncias de corrida, obtém o quarto lugar. Resultado que, claro, poderia ser melhor. Desnecessário dizer que aqui no Brazil diversas opiniões foram destiladas no facebook.
    Etapa da NASCAR Sprint Cup, domingo, 22/06. O piloto Jamie McMurray (Chevrolet) larga na ‘pole’ mas, por diversas circunstâncias de corrida, obtém o quarto lugar. Resultado que, claro, poderia ser melhor. Porém, até agora – pelo menos no website oficial da NASCAR –, não vi ‘zilhões’ de internautas xingando o piloto da equipe Cessna/Ganassi com a mesma ‘fúria’ com a qual aqui no país aconteceu perante Massa (podem conferir: não vi recado de fãs dizendo que o ‘David Beckingham da NASCAR’ envergonha seu país ou que o McMurray é um piloto fraco). Enfim e, como diz o personagem Quico: ‘Que coisa,digo… não?’
    Atenciosamente,

    Paulo Lava

    PS: Particularmente, admiro o piloto Felipe Massa. Só não me estendo em comentários, porque neste tópico, o Dr. Paulo Scaglione fez um relato no qual muito apreciei e, penso, definitivo sobre o assunto.

  3. Acompanho a F1 desde os tempos de Emerson Fitipaldi, gosto do Felipe Massa, acho um excelente piloto, e bom acertador de carros. Ainda acho uma injustiça comparar o Massa com o Botas neste estágio do campeonato, visto os problemas de carro, acidentes e pitstops que teve até o momento, coisa que o Botas não teve.
    Vai fundo Massa, torço por você!

  4. Não amo e também não odeio! Sou brasileiro e fã de automobilismo. E como brasileiro vou sempre torcer pelo nosso representante seja ele quem for e em qual equipe estiver. O que me deixa frustrado é não ouvir o tema da vitória a tantos anos!Pois confesso que o tema da vitória me emociona toda vez que ouço.

  5. Felipe Massa é indiscutivelmente nosso representante no maior evento supervisionado pela FIA. No meio de 13.000 pilotos chegou lá e esta se mantendo nas principais escuderias, em momento algum podemos deixar de admira-lo como piloto e como pessoa, quem mantem ou manteve contato pessoal com ele pode perfeitamente avalizar o quanto de bom tem nosso Felipe Massa como pessoa e piloto. Costumam dizer que a memoria dos brasileiros é curta, mas pessoalmente não acredito que já se esqueceram que ele foi o único que tentou fazer uma categoria escola no Brasil, investindo grana e também seu nome para buscar patrocínio e só não rolou os campeonatos pelos motivos já divulgados pelo Titonio, pai e representante no Brasil. Sem essa de odiar, vamos torcer por novas conquistas, o simples fato de participar em uma equipe de ponta já é uma vitória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here