dm-2804-podio-kansasDesde ontem, segunda, 27, está na casa de Hélio Castroneves, em Miami, um troféu especial, que certamente já ocupa um lugar de destaque dentre tantos outros que possui. O 2º lugar obtido no domingo, em Kansas, na vitória de Scott Dixon e com Tony Kanaan em 3º, representou a volta ao seu habitat natural, o pódio. Mais do que isso, o brilho e o sorriso aberto estão de volta à face de Helinho.

Quem esteve com ele nos difíceis dias de seu julgamento, no qual foi absolvido de forma incontestável, percebeu o seu sofrimento. Era visível que o característico brilho contagiante estava meio apagado, mesmo sendo gentilíssimo o tempo todo.

Mas,como se ligado imediatamente aos 220 volts, o brilho intenso tinha voltado já na porta da Corte de Miami, no dia 17 de abril, logo após ser declarado inocente, ao lado de sua irmã Katiúcia e do advogado Alan Miller. No dia seguinte, em Long Beach, beijou seu carro e retomou uma rotina que adoraria nunca ter se afastado dela.

O 7º posto nas ruas da Califórnia teve ares de vitória e as palavras carinhosas entre ele e os membros da equipe, ainda pelo rádio, logo após receber a bandeirada em Kansas, mostraram como Helinho se sente em casa na Penske.

Por tudo isso, é bem possível imaginar com que garra e animação o piloto chegará ao Indianapolis Motor Speedway, local da próxima prova, a mais importante do ano.

Fotos Indy Racing League

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma pena que a BandSports não transmitiu o pódio no domingo…eu adoraria tê-lo visto lá, em seu ‘habitat natural’…essa foi ótima…hehe!!!
    O Helinho realmente voltou com tudo…ele e a Penske juntos formam a perfeição na pista, com certeza!!!
    Já pensou ele vencer em Indianápolis!!! Nossa, que presente seria!!!
    Tomara!!! Vamos torcer!!! Ele merece, e muito!!!
    Um abraço!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here