Ex-presidente da CBA, Scaglione dirigiu a entidade por dois mandatos

Por Américo Teixeira Junior

A partir de R$ 10/mês, você pode colaborar com o Diário Motorsport independente e investigativo CLIQUE AQUI E PARTICIPE!

Pela primeira vez, desde que deixou o cargo de presidente da CBA em 2009, Paulo Scaglione cumprirá agenda oficial na entidade. Caberá ao dirigente presidir a Assembleia Geral Eletiva desta tarde, 15, que definirá o substituto de Waldner Bernardo entre os candidatos Giovanni Guerra e Milton Sperafico.

Scaglione marca, dessa forma, seu retorno à CBA após 12 anos, agora na condição de vice-presidente da Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP). Ele a representa no lugar do titular José Aloizio Cardoso Bastos, que se recupera de uma internação por Covid-19.


Capa/Destaque: Paulo Scaglione -Foto Reprodução

Acompanhe o Diário Motorsport no Youtube Twitter  Facebook

5 COMENTÁRIOS

  1. Rudolfo
    Fiquei apreensivo com vosso comentário e me senti no dever de responder, pois não tenho espaço para mágoas e nunca pedi voto a quem quer que seja.
    Fui à assembleia representando a FASP, pois o presidente está em recuperação de uma convid, o 1o.vice não está podendo viajar e, como 2o. vice, fui representar minha Federação, que diferentemente de tudo que existe por aí, do Sul ao Norte, quem indica a chapa são os clubes. Você foi vice do presidente Sorriso, mas quedou-se inerte diante das falcatruas por ele praticadas, Hoje, você foi vice na chapa do Sperafico, que na eleição passada tentei dar os caminhos das pedras, mas ele simplesmente ignorou. Há mais de 10 anos venho apostando no Giovane para presidente e, com a decisão dos clubes, meu voto foi confirmado para ele. Também fui convidado para presidir a assembleia pela maioria das FAUS (14), não restava dúvida que não seria aprovado por todas. Quanto a minha saída da CBA, simplesmente cumpri uma promessa de não me candidatar se tivesse outro candidato. Lamentavelmente, a chapa da qual você fez parte acabou com o que havia sido construído por nossa gestão, por incapacidade dos eleitos (VICES TAMBEM).
    Minha administração foi alvo de 2 auditorias e nada foi encontrado de errado.
    Respeito seu parecer, entendo que BAIRRISMO ESTÁ NO SANGUE de alguns Sulistas que votaram no presidente sorriso, inclusive por cargos e até por pedidos da Maçonaria.
    Por tudo isso, sua mágoa não vai tirar meu sono, pois não votei no Estado do MARANHÃO, mas sim na pessoa de Giovanni Guerra, que não poderá fazer muita coisa, pois as administrações passadas, começando pela sua, deixaram a CBA desmantelada em todos os sentidos. NÃO SOU BAIRRISTA, SOU BRASILEIRO
    Paulo Scaglione

  2. Não entendi como o presidente da Assembleia já é conhecido antes do dia da eleição. Não é por votação? Scaglione que foi corrido da CBA por este mesmo grupo que que se perpetuar no poder, agora apoia e se junta a eles. Caiu por terra a admiração que tinha por ele. Vergonha.

  3. Nossa que satisfação em ver o Dr Paulo Scalione dirigindo essa assembleia , ver ele de volta ao automobilismo nacional e muito bom , não poderiam ter escolhido outra pessoa melhor para presidir essa eleição.
    Bom ver o Sr de volta ( professor) . Grande abraço Dr Paulo.

  4. Certeza de ser o melhor profissional escolhido que detem todo o conhecimento do processo eletivo para Presidir a assembleia desta grande entidade do esporte Brasileiro.
    Boa sorte aos candidatos e que seja eleito o que tiver a melhor proposta ao esporte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here