fasp_logo700capaPor Américo Teixeira Junior – O presidente da Federação de Automobilismo de São Paulo, José Aloizio Cardoso Bastos, disse nesta quinta-feira ao Diário Motorsport que não vê qualquer problema na criação da Liga Paulista de Automobilismo, criada por Felipe Giaffone e Dito Giannetti. Ressaltou, porém, que sua homologação é responsabilidade exclusiva da CBA.

O dirigente destacou que o surgimento de ligas é algo plenamente normal. “Está previsto na Lei e no Estatuto da CBA”, disse Bastos. “A CBA precisa ver se está tudo certo e se funcionar dentro da lei, para a Federação está tudo bem”.

Bastos chamou a atenção para a complexidade que existe para montar um organismo esportivo para que ele tenha funcionamento pleno. “A FASP tem área técnica, comissões, tribunal em funcionamento e mais um monte de coisa, então, dá muito trabalho criar isso e principalmente manter”, explicou.

Jose Aloizio Cardoso Bastos, presidente da Federação de Automobilismo de São Paulo (Foto André Lemes/FASP)
Jose Aloizio Cardoso Bastos, presidente da Federação de Automobilismo de São Paulo (Foto André Lemes/FASP)

 

5 COMENTÁRIOS

  1. Mesma posição de 20, 30 anos atrás. Contudo, peça a algum piloto federado participar da prova de qualquer liga e veja o que acontece?! Dezenas de ligas e associações foram sistematicamente sabotadas! CBA, CNK e demais cartolas dinossauros do esporte deveriam largar o osso e arejar as catacumbas das federações! E pode me chamar pra debater quando quiser!

  2. Democracia é um processo lento que muitas vezes algumas pessoas demoram entender que a ditação de normas, condutas e processos são deliberados sempre pela maioria e pelo voto direto, oportunistas de plantão jamais enfrentarão um processo eletivo e democrático, pois fogem dos seus princípios obscuros e corruptos!!!

Deixe uma resposta para Boris Mayoral Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here