Nico_Lewis_GP
Foto Reprodução do www.grandepremio.com.br

Por Americo Teixeira Jr. – Quaisquer que tenham sido os desdobramentos na equipe Mercedes, logo após o Grande Prêmio da Bélgica, definitivamente não é verdade que Nico Rosberg bateu de propósito em Lewis Hamilton. É impossível dar crédito às palavras do piloto inglês que, conhecedor que é de situações de atrito com companheiros de equipe, sabe muito bem oferecer à imprensa conteúdo de grande repercussão.

Rosberg não tem a mesma bagagem de Lewis nesse apecto e, portanto, não é difícil que tenha se perdido na argumentação durante a reunião de emergência convocada por Toto Wolff ainda no circuito de Spa-Francorchamps. O clima quente que certamente marcou a reunião ratificou a opinião de que deveria ter ocorrido em outro momento. De todo modo, o máximo que pode ser atribuído a Rosberg é a definição de afobado (CLIQUE AQUI PARA VER AS IMAGENS).

Numa espécie de “bolinha de papel” de triste memória, o ocorrido não tem nada de tão grave assim isoladamente, mas reflete o nível do problema que a equipe tem de enfrentar urgentemente.

E VOCÊ, AMIGO DO DIÁRIO MOTORSPORT, O QUE ACHOU DISSO TUDO?

 

 

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta para Eduardo Schmidt Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here