Única opção para a Williams: ratificar acordo e anunciar Robert Kubica

5

Para manter a proximidade com Sergey Sirotkin, a opção é confirmar o russo como terceiro piloto e “titular” das sexta-feiras, mantendo-o a postos para o caso de o polonês não vingar

Por Américo Teixeira Junior

Sir Frank Williams depositou nas mãos da filha Claire a condução da obra de sua vida (Foto Glenn Dunbar/Williams)

O fato de a Williams ter adiado para janeiro o anúncio do teammate de Lance Stroll tem uma única explicação: estar buscando uma forma de equilibrar as necessidades financeiras com o status técnico-desportivo. Para tanto, o único caminho é ratificar o contrato já assinado – como o Diário Motorsport informou em 14 de novembro – e anunciar Robert Kubica como titular.

Mas independentemente do teor do contrato, fato é que a entrada de Sergey Sirotkin no circuito denunciou fragilidade. Se esse “atropelamento” teve amparo em detalhes do contrato ou não, somente quem o tem em mãos pode dizer e não o faz, garantido pela indefectível “cláusula de confidencialidade”.

Não se pode perder de vista, porém, que a escolha vai muito além do que simplesmente optar entre um piloto profissional e outro pagante. Está em jogo a credibilidade da equipe fundada por Frank Williams. Sem esse zelo com a imagem corporativa, correm riscos os diversos negócios do grupo, notadamente os de desenvolvedor e fornecedor tecnológico de alto nível para diversos setores.

Por fim, Kubica não teria chegado até Abu Dhabi se não tivesse exaustivamente provado suas atuais condições de voltar à Fórmula 1. Da mesma forma, ele conta com Nico Rosberg e Alessandro Bravi, dois nomes de peso nos cenários esportivo e empresarial. Logo, o “problema físico” não existe e a prospecção de recursos está em boas mãos.

Assim, pelo menos à luz do que é possível constatar e observar, há motivos de sobra, contratuais e de perspectivas de curto e médio prazos, para que a Williams, proximamente, anuncie Robert Kubica como titular para a temporada de 2018

Compartilhar

5 COMENTÁRIOS

  1. Caro Américo,
    Faz muito sentido tudo o que você nos informa.
    Quando vi a Williams vacilando quanto a trazer Kubica fiquei abatido com o esporte que amo e que considero um dos mais sérios que existem pq nele os pilotos arriscam o próprio pescoço e nenhum dinheiro vale isso!
    Será um presente de Natal! É aproveito para te desejar excelente 2018!

Muito obrigado por participar. Forte abraço, Americo Teixeira Jr.