O vice-campeão mundial foi indicado para o lugar do atual ocupante do posto no Conselho Mundial, o ex-presidente Cleyton Pinteiro

Por Américo Teixeira Junior

Felipe Massa aceitou o convite da CBA para representar o país no Conselho Mundial da FIA (Fotos Beto Issa/GP Brasil)

O presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Waldner Bernardo, indicou o piloto Felipe Massa como representante no país no Conselho Mundial de Esporte Motor da FIA, que será renovado no próximo mês, em processo eletivo que reconduzirá o atual presidente Jean Todt para novo mandato. Trata-se de uma inovação, pois tradicionalmente quem ocupa o posto é o presidente da entidade brasileira.

Os membros do Conselho são eleitos e, portanto, o ainda piloto da Williams terá seu nome submetido a voto. Entretanto, dada a representatividade e credibilidade de seu papel no automobilismo, a probabilidade de Massa não ser referendado é nula.

Em Interlagos, como resposta a uma questão levantada pelo Diário Motorsport, o detentor de 11 vitórias na Fórmula 1 não descartou a possibilidade de representar o automobilismo na FIA. O atual ocupante da cadeira é o ex-presidente da CBA, Cleyton Pinteiro, que em função da nov estratégia da entidade para a FIA, não terá seu nome submetido para reeleição.

Todo esse processo eletivo ocorrerá no dia 6 de dezembro, na sede da FIA, em Paris. Jean Todt, responsável pela contratação de Massa pela Ferrari, encabeça chapa única.

Jean Todt será reeleito para seu terceiro mandato como presidente da FIA (Foto Jean Marie Hervio/DPPI/FIA Media)
Compartilhar

1 COMENTÁRIO

Muito obrigado por participar. Forte abraço, Americo Teixeira Jr.