O médico traumatologista tem atuação destacada no automobilismo brasileiro e internacional, mas é em obras sociais na Selva Amazônica que seu trabalho atinge uma dimensão ainda maior

Por Américo Teixeira Junior – Fotos Arquivo Pessoal Dr. Daniel de Moraes by Facebook

Esse paranaense de 60 anos é muito mais do que simplesmente o “médico da Fórmula Truck”

Acostumado a salvar vidas, dessa vez quem foi parar no hospital foi o Dr. Daniel Gabriel de Moraes, o médico da Fórmula Truck. Depois de um susto, está fora de perigo, mas precisará de pelo menos 30 dias de repouso. Seria uma tarefa quase impossível para uma pessoa elétrica como ele, não fosse estar sendo cuidado diretamente pelo Dr. Daniel Wurzler, seu filho, que está fazendo as vezes de “médico durão”.

Meu pai é teimoso, muuuuito teimoso, como você deve saber. Ele chegou de viagem e não estava muito bem, estava levando como uma gripe. Quando resolveu me avisar, corri com ele para o hospital e vimos que era Miocardite Viral“, disse o Dr. Wurzler, referindo-se a uma infeção no coração. “Tive de esquecer o lado de filho e tratá-lo como paciente, porque o ‘bicho’ é teimoso“, brincou.

Esses cuidados todos têm razão de ser, pois Dr. Daniel tem justamente esse perfil de entregar-se à tarefa de cuidas das pessoas, mesmo sob riscos pessoais. Dono de um senso de responsabilidade acima da média e de um coração gigante, cuida dos outros, mas não se cuida. Para ele, de fato, não há “tempo ruim”.

Independentemente de seu próprio estado de saúde, embrenha-se na Selva Amazônica para cuidar das populações carentes com a mesma disposição com a qual enfia-se debaixo de um caminhão retorcido para salvar um piloto. Os perigos da vida selvagem ou de um caminhão prestes a explodir por causa de um vazamento de combustível não são impedimentos para esse paranaense de 60 anos.

Dr. Daniel é aquele carequinha lá embaixo, no caminhão acidentado do piloto David Muffato, em prova da Fórmula Truck

“Anjo Gabriel”

Muitos foram os acidentes graves que não se transformaram em tragédia por força da intervenção imediata do Dr. Daniel, muitas vezes sendo transmitidas ao vivo para todo o Brasil. Mas é longe das câmeras que seu trabalho atinge um vulto que estatística alguma é capaz de medir. Ao se deslocar de barco/canoa/avião/lombo de burro/a pé pela região do Rio Amazonas, indo de encontro a populações isoladas e carentes, a essência do “ser médico” atinge sua plenitude. São anos e anos indo, como disse Milton, “aonde o povo está”.

Mas esse médico não se resume a curar e salvar corpos, é também um doutor de almas. Sim, porque seu sorriso e suas palavras também debelam males, alguns deles indetectáveis por mais modernos que sejam os equipamentos medidores, mas facilmente visível para quem, como Dr. Daniel, tem a capacidade de ver e sentir também o imaterial.

Apesar de ter essa dimensão humana quase sem paralelo, o discreto médico não faz propaganda de si mesmo. Não precisa, pois são tantos os depoimentos de quem esteve sob seus cuidados que sua fama ultrapassa fronteiras, tanto que atua no Brasil, algumas regiões da América do Sul e nos Estados Unidos. Não era apenas por admiração pessoal, mas igualmente por reconhecimento profissional que o saudoso jornalista Cecílio Favoretto se referia a ele com “Anjo Gabriel”.

Quanto a mim, sim, seu paciente e fã. Fique bom logo, Dr. Daniel!

 

Compartilhar

8 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom o texto e a informação de mais um herói quase anônimo do automobilismo e em suas outras atividades Humanitárias! Desejo seu pronto restabelecimento a tempo de estar onde gosta, na pista!

  2. Parabéns pela matéria, América. Merecida. Vida longa ao querido amigo e companheiro de histórias nas pistas pelo mundo.
    .

  3. Sr Américo Teixeira. Em fazer essa matéria dessa pessoa maravilhosa que é o Dr Daniel Moraes. E venho aqui agrade-lo por ter me dado a chance de fazer parte de sua equipe médica da FTruck e além ser enfermeiro da Fpra onde o mesmo e diretor clínico. Como sempre rubi chamo de Mestre, muito obrigado e fique sabendo sempre estarei estudando para ser o diferencial como enfermeiro em trauma. Pois só estudando e treinando que conseguimos chegar perto da perfeição.

  4. Desejo melhoras q se recupere bem .. q Deus o abençoe grandemente … obrigada Dr. Daniel por ter salvo a vida da minha irmã. Não o conheço ainda mas tenho gratidão eterna e sempre estarás em minhas orações.

  5. Dr. Daniel é um profissional e um homem fora do comum,nunca vi alguém tão apaixonado pelo que faz, e faz tudo com máxima dedicação, não existe a palavra impossível no seu dicionário. Sou muitíssima grata a Deus por sua vida. Que Ele continue guiando e cuidado no nosso amado Anjo Daniel.

  6. Dr Daniel é um anjo; costumo chamar ele de meu “Fada padrinho” rs, ele é uma pessoa tão iluminada por Deus que isso chega a transcender; um homem íntegro; de uma humildade que pouquíssimas pessoas têm, faz tudo com tanto amor e alegria; sentimo-nos acolhidos em suas mãos; Deus deu esse dom pra ele; de curar as pessoas; mais ele faz muito além disso; só quem o conhece e esteve perto dele sabe definir! Amavel; amigo; simples, humano; carinhoso; alto-astral; ele se preocupa com “vidas”, a profissão dele vai muito muito além de medicina; ele é uma pessoa incrível; excepcional; eu sofria a 5 anos de dor na coluna; fui aos melhores médicos do Brasil; nenhum teve compromisso comigo; só que queriam saber de dinheiro; ninguém resolvia o meu problema de saúde; que estava muito grave; até que quando conheci o Dr; ele começou a fazer um tratamento intenso comigo; e amenizou mil vezes as minhas dores; sem comparação hj consigo ter uma qualidade de vida melhor; graças a Deus em primeiro lugar e segundo a este anjo que é o Dr Daniel que foi colocado no meu caminho! Estou orando pela sua recuperacao; vc voltará mais forte do que nunca! Deus o abençoe poderosamente; é inquestionável o seu caráter; escreveria um livro aqui sobre suas infinitas qualidades; amamos vc! Beijos; andrea e André! ☺️?

  7. Conheçi o Dr Daniel numa prova de campeonato sulamericano de kart em Curitiba, e presenciei ele atendendo os pilotos e de imediato indiquei ele pro Aurélio da F.truck, Convidamos ele para vir a Curitiba conheçer a Formula Truck que estava realizando uma etapa do campeonato, porém na sexta feira, minha esposa e a Daniele Felix (filha do Aurélio) se acidentaram de moto no estacionamento do autódromo,
    No sabado, o Dr. Daniel chegou, e de imediato eu e o Aurélio, levamos ele ao hospital para examinar a Daniele, ao entrar no apto, la estava a Daniele com varias costelas quebradas, e com muitas dores e quase não conseguia respirar,
    o Dr Daniel pediu pra ver a radiografia,em seguida botou a Daniele em pé, mexeu nas costelas dela,
    em questão de minutos a dor diminuiu, e então levamos a Daniele embora do hospital, Quase sem dores.

    Já presenciamos também muitos atendimentos a pilotos em acidentes graves na F.truck,

    Mas o atendimento mais lembrado,é quando o Aurélio teve o Enfarte no final da prova de Guaporé em 2008, o Dr. Daniel depois de uns 30 minutos de batalhas com o Desfibrilador, conseguiu estabilizar o Aurélio e leva-lo ao Hospital em Passo Fundo.

    Acho que daria um bom livro, continuar a comentar sobre a dedicação dele.
    Aproveito aqui para desejar a ele um pronto restabelecimento.

Muito obrigado por participar. Forte abraço, Americo Teixeira Jr.