Bicampeão Mundial de Fórmula 1, o piloto espanhol pilotará um Dallara Honda sob os cuidados da Andretti Autosport e trazendo de volta o nome McLaren para Indianapolis após 38 anos

Por Américo Teixeira Junior

Quando o mais completo piloto da Fórmula 1 anuncia que participará da mais importante prova de monopostos do mundo, há uma espécie de comunhão de excelências e ganha todo mundo.

Ganha Fernando Alonso que, aos 35 anos, ultrapassa uma difícil fronteira e amplia os seus horizontes como piloto, lançando-se logo de imediato em um dos mais complexos desafios do automobilismo de competição.

Ganha a categoria e, por certo, a IndyCar está em festa. Até então, alguns anúncios de participantes específicos para a Indy 500 versaram sobre competidores aparentemente medianos e com apelo meramente local. Agora, consegue ter em suas fileiras um profissional de alcance mundial.

Ganha o atual grupo de pilotos do Verizon IndyCar Series, pois a ampliação de visibilidade da etapa deste ano beneficiará também astros consagrados como Helio Castroneves, Tony Kanaan, Scott Dixon, Sebastien Bourdais, Will Power, entre outros.

Ganha a Andretti Autosport, que agrega uma força substancial ao seu já amplo esquadrão para buscar repetir a vitória do ano passado e fugir do cenário deste início de temporada. Esta zerada em termos de vitórias, mesmo com o avanço de performance apresentado pela Honda até aqui.

Ganha também a Honda, que passa a ter uma responsabilidade incrivelmente maior, pois a catástrofe verificada na equipe de Michael Andretti em Long Beach não pode acontecer, ainda mais no Indianapolis Motor Speedway.

Ganha o público, que poderá ver de perto um piloto desse gabarito e emprestar para ele todo o calor humano que transborda na prova centenária. Ganhar ou perder é do jogo mas, certamente, a experiência será por demais valiosa para todos e, em especial, para o “Príncipe das Astúrias” (como diz Galvão Bueno).

O McLaren Offy de Johnny Rutherford, vencedor da Indy 500 de 1976 (Foto LAT Photographic/McLaren)

Foto Destaque McLaren Media

Compartilhar

SEM COMENTÁRIOS

Muito obrigado por participar. Forte abraço, Americo Teixeira Jr.